Lino

Cliente desde 2015

  • Ficha técnica


    Nome: Dorvalino Alves Maciel


    Data de Nascimento: 01/06/1977


    Local: São Paulo (SP)


    Altura: 1,84 m


    Peso: 73 kg


    Posição: Lateral-esquerdo


    icone_facebook

    Perfil

    Como qualquer garoto brasileiro, Lino sempre sonhou ser jogador de futebol e acabou concretizando seu objetivo com muita luta, já que dos 17 aos 19 anos de idade ainda se dividia entre os campos de futebol e o emprego num supermercado para ajudar a sua família. O jogador começou nas categorias de base do Corinthians, se profissionalizou no São Caetano, decolou no Iraty e atuou em times de destaque no Brasil, como São Paulo e Fluminense, conquistando títulos e fazendo com que o seu nome passasse a ser conhecido e, mais do que isso, respeitado. Sem espaço no São Caetano, Lino foi para o Iraty em 2001 e no clube paranaense viu sua carreira decolar. Afinal, o jogador teve grandes atuações no Campeonato Paranaense daquele ano, inclusive, contra os grandes do estado (Paraná, Coritiba e Atlético-PR), tendo sido eleito um dos melhores laterais da competição. Por conta da visibilidade alcançada, Lino foi comprado pelo São Paulo. No Morumbi, o atleta disputou 38 jogos e fez dois gols, em duas passagens. Enquanto era jogador do Tricolor, Lino também passou por Figueirense, com bom destaque, e Bahia, até se comprado pelo Fluminense, em 2005. No ano seguinte chegou a vestir a camisa de Juventude e Marília, mas chegava a hora de alçar voos maiores. E o atleta se transferiu para a Europa. Em Portugal, Lino também deixou uma ótima imagem, com passagens pela Académica de Coimbra e FC Porto. Titular indiscutível no clube de Coimbra, Lino impressionou e convenceu por sua assiduidade nas partidas e, principalmente, pelo fato de ser um exímio cobrador de faltas, tendo marcado diversos gols. Atento às boas atuações do brasileiro, o Porto se antecipou a outros clubes europeus, e contratou Lino. No clube azul e branco, o lateral conquistou três títulos, antes de se transferir para o PAOK, da Grécia. Quem recomendou a contratação de Lino ao clube grego foi o treinador Fernando Santos, que em 2009 comandava o PAOK e, inclusive, já fora treinador da seleção grega. Desde quando chegou ao clube de Salônica, em janeiro de 2009, o lateral brasileiro foi titular e aos poucos foi conquistando o respeito e a admiração da torcida do clube e dos jornalistas gregos. Na Grécia, o brasileiro conheceu, efetivamente, a idolatria de uma torcida por conta das suas seis temporadas, 219 partidas e 16 gols marcados. Depois do futebol grego, Lino retornou à Académica de Coimbra, clube que defendeu em todo o ano de 2014. Aos 37 anos e esbanjando saúde, o jogador, que ainda nem faz planos de se aposentar e acredita que pode jogar mais alguns anos em alto nível, resolveu voltar para seu país de origem. Assim, no início de 2015, acertou um contrato com o Londrina, atual campeão paranaense e que na última temporada conseguiu o acesso para disputar a Série C do Campeonato Brasileiro. Esta será a segunda passagem do lateral-esquerdo pelo futebol do Paraná, já que, em 2001, já havia defendido o Iraty.

    Clubes

    logos_coritibalogos_atleticomg logos_malmologos_coritibalogos_coritibalogos_coritibalogos_coritibalogos_coritibalogos_coritibalogos_coritibalogos_coritibalogos_coritibalogos_coritiba

    Títulos

    • Super Campeonato Paulista 2002 (São Paulo FC)
    • Campeonato Carioca 2005 (Fluminense FC)
    • Campeonato Português 2007/2008 (FC Porto)
    • Campeonato Português 2008/2009 (FC Porto)
    • Taça de Portugal 2008/2009 (FC Porto)
    • Campeonato Paranaense do Interior 2015 (Londrina EC)

    Últimas Notícias

    [/section]