Willian celebra primeiro título pelo Chelsea e já mira outras taças

Um dos destaques da vitória do Chelsea por 2 a 0 sobre o Tottenham, no último domingo, em Wembley, pela decisão da Copa da Liga Inglesa, o meia-atacante Willian celebrou o seu primeiro título com a camisa dos Blues. Além de ter participado dos dois gols da equipe, o atleta brasileiro mostrou muita eficiência tática, tanto na parte defensiva quanto no campo de ataque. Em grande fase na carreira, ele está motivado a levantar mais taças na atual temporada – o Chelsea ainda briga pelos títulos da Liga dos Campeões da Europa e do Campeonato Inglês.

“Foi uma emoção muito grande. Minha primeira final com a camisa do Chelsea, jogando em Wembley, lotado, foi uma sensação inexplicável. Eu sempre sonhei com isso desde que cheguei ao Chelsea e espero que esse seja o primeiro de muitos títulos com essa camisa”, disse Willian, que soma 79 partidas, oito gols e dez assistências pelos Blues.

O meia-atacante celebrou a conquista deste domingo carregando uma bandeira do Brasil com o símbolo do Chelsea ao centro. “Quando o jogo terminou, eu vi essa bandeira com um torcedor. Falei com o nosso roupeiro e pedi pra ele tentar pegar a bandeira emprestada. Fiquei com a bandeira durante a nossa comemoração e depois pedi para o roupeiro devolvê-la. Infelizmente não vi quem era o torcedor, mas agradeço muito pelo empréstimo”, comentou.

O camisa 22 já havia sido decisivo no duelo com o Liverpool, pelas semifinais da Copa da Liga Inglesa. O gol da vitória, por 1 a 0, marcado por Ivanovic, teve assistência do brasileiro. Com a conquista deste domingo, o Chelsea chegou ao seu quinto título do torneio: 1964/1965, 1997/1998, 2004/2005, 2006/2007 e 2014/2015.

Os Blues ainda brigam por mais duas taças na atual temporada. Além de seguir vivo na Liga dos Campeões da Europa – depende de uma vitória simples em casa, contra o PSG, para avançar para as quartas de final -, o Chelsea é o líder do Campeonato Inglês, com 60 pontos.

“O título foi muito importante e dá ainda mais confiança para continuarmos bem no Inglês e também nesse jogo decisivo da Liga dos Campeões, mas já estamos pensando no jogo contra o West Ham. Vamos jogar fora de casa, vai ser difícil, mas temos de vencer para manter a diferença para o City”, completou o camisa 22, já mirando a partida da próxima quarta-feira, diante do West Ham, pelo Campeonato Inglês.

Share Button