Sob o comando de Hélio dos Anjos, Al-Qadisiyah goleia, emplaca terceiro resultado positivo e ressurge no Campeonato Saudita

Reconhecido no Oriente Médio por seus bons trabalhos, o técnico Hélio dos Anjos vai fazendo jus à aposta do Al-Qadisiyah, que o contratou recentemente em busca de tirar o time das últimas posições na tabela. Na tarde desta quarta-feira (14), o Al-Qadisiyah goleou o Al-Wehda, por 5 a 2, fora de casa, e se distanciou ainda mais da zona de rebaixamento do Campeonato Saudita. Sob o comando do treinador brasileiro, o Al-Qadisiyah, que até então ainda não havia vencido no torneio, disputou cinco partidas (duas vitórias, dois empates e uma derrota), sendo que nas últimas três rodadas a equipe venceu duas partidas e empatou outra, no clássico local contra o Al-Ettifaq, após estar perdendo por 2 a 0 e buscar a igualdade.

“Essa vitória foi muito importante. Nós tínhamos um planejamento de na virada do turno estarmos recuperados em relação à ameaça de rebaixamento. Sabíamos que as coisas aconteceriam com naturalidade e que tudo poderia ser feito para recuperar jogadores tecnicamente e tudo isso tem acontecido. Foram três ótimos resultados nas três últimas partidas e, acima de tudo, pra nós essa recuperação momentânea vai nos fortalecer a fazer um segundo turno de total recuperação no Campeonato Saudita”, enfatiza Hélio dos Anjos, que tem contrato com o Al-Qadisiyah até maio do ano que vem.

Atuando fora de casa, no estádio King Abdul Aziz Stadium, na cidade de Meca, o Al-Qadisiyah saiu perdendo, ao tomar um gol logo aos 8 minutos. Porém, demonstrando a força já vista nos últimos jogos, a equipe comandada por Hélio dos Anjos empatou, virou e ainda ampliou – tudo na etapa inicial, com gols de Fahad Al Johani, Patrick Eze e Saad Abdul-Amir. No segundo tempo, o placar se transformou em goleada quando Al Johani marcou o 4º gol do Al-Qadisiyah. No fim, o Al-Wehda descontou, mas ainda deu tempo do atacante brasileiro Tiago Bezerra marcar o 5º, de pênalti.

“O mais importante é a recuperação técnica dos jogadores que já estavam aqui, que foram contratados antes de eu chegar. E todos estão dando uma grande parcela de contribuição nesta recuperação”, diz o treinador, que tem respaldo no clube de uma comissão técnica brasileira, formada por Guilherme dos Anjos e Marcelo Rocha (auxiliares), Guilherme Rodrigues (preparador físico), Carlos Eduardo (fisioterapeuta) e Marcos Leme (preparador de goleiros).

O novo resultado positivo colocou, momentaneamente, o Al-Qadisiyah na 9ª posição do Campeonato Saudita, com 12 pontos, ao término do primeiro turno. Restando ainda 13 rodadas para o término da competição, o Al-Qadisiyah volta a campo apenas na semana que vem, no dia 21 (quarta-feira), quando receberá em casa o Al Shabab, às 12h30 (horário de Brasília).

Share Button