Informações de Willian, que defenderá a Seleção Brasileira na Copa América

WILLIAN

Nome: Willian Borges da Silva
Data de nascimento: 09/08/1988
Local: Ribeirão Pires (SP)
Altura: 1,75 m
Peso: 75 kg
Posição: Meia

Clubes: SC Corinthians P (2005 a 2007), FC Shakhtar Donetsk (2007 a 2013), FC Anzhi Makhachkala (2013) e Chelsea FC (desde 2013). Seleção Brasileira: Sub-17, Sub-18, Sub-20 e principal.

Títulos: Chelsea: Campeonato Inglês (2014/2015) e Copa da Liga Inglesa (2014/2015); Seleção Brasileira: Campeonato Sul-Americano Sub-20 (2007) e Superclássico das Américas (2014); Shakhtar Donetsk: Cinco títulos do Campeonato Ucraniano (2007/2008, 2009/2010, 2010/2011, 2011/2012 e 2012/2013), quatro títulos da Copa da Ucrânia (2008, 2011, 2012 e 2013), três títulos da Supercopa da Ucrânia (2008, 2010 e 2012) e Copa da Uefa/Liga Europa (2008/2009). Corinthians: Copa São Paulo de Futebol Júnior (2005).

Conquistas individuais: Melhor jogador do Campeonato Ucraniano 2010/2011; Escolhido para o “Dream Team” (Time dos Sonhos) da fase de grupos da Liga dos Campeões 2012/2013 (Uefa).

DADOS IMPORTANTES DE WILLIAN

– Convocado para disputar a Copa América, Willian esteve em todas as listas de Dunga desde o retorno do treinador à Seleção Brasileira, em 2014. O atleta, aliás, foi titular em sete dos oito jogos até aqui sob o comando de Dunga: Colômbia (1×0), Equador (1×0), Argentina (2×0), Japão (4×0), Turquia (4×0), Áustria (2×1) e França (3×1). Na vitória sobre o Chile (1×0), Dunga poupou alguns jogadores, e Willian entrou no segundo tempo;

– Willian foi um dos melhores jogadores do Brasil na vitória sobre a França, no dia 26/03/2015, em Paris. O jogo, que terminou com o triunfo do Brasil por 3 a 1, teve duas assistências do meio-campista: uma para Neymar e outra para Luiz Gustavo;

– Willian também foi um dos destaques da goleada do Brasil sobre a Turquia, por 4 a 0, no dia 12/11/2014, em Istambul. Ele fez um gol, deu uma assistência, participou de outro gol e fez outras jogadas de extrema habilidade. Foi aplaudido de pé pela torcida turca;

– Willian soma 20 jogos pela Seleção Brasileira, com quatro gols marcados e três assistências. Foram 16 vitórias com a camisa verde-amarela;

– Das 20 partidas de Willian com a camisa do Brasil, dez foram com Luiz Felipe Scolari, duas com Mano Menezes e oito com Dunga. Sua primeira convocação foi em novembro de 2011, aos 23 anos de idade, para os amistosos contra Gabão e Egito. Sua estreia ocorreu em 10/11/2011, contra o Gabão, em Libreville (vitória do Brasil por 2 a 0);

– Com apenas 16 anos de idade, em 2005, Willian conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Corinthians e, poucos dias depois, foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira, para defender o time sub-17. Desde então, ele se destacou em todas as categorias de base do Brasil: Sub-17, Sub-18 e Sub-20;

– Com apenas 18 anos de idade, em janeiro de 2007, Willian vestiu a camisa 10 do Brasil e foi campeão do Sul-Americano Sub-20, no Paraguai, em um time que contava também com Alexandre Pato e Lucas Leiva. O título deu vaga ao Brasil para a Olimpíada de 2008;

– Willian, atualmente, tem 26 anos e defende o Chelsea, da Inglaterra. Ele foi anunciado pelo clube inglês no dia 25/08/2013 e assinou contrato até junho de 2018. Pelos Blues, ele já disputou 90 jogos, com oito gols marcados e 11 assistências. Na atual temporada europeia (2014/2015), o jogador participou de 48 partidas, fez quatro gols e deu cinco assistências;

– Willian foi um dos destaques do Chelsea na conquista do Campeonato Inglês 2014/2015. A superioridade da equipe de Londres foi tamanha que a taça foi conquistada com três rodadas de antecedência, na vitória por 1 a 0 sobre o Crystal Palace, em Stamford Bridge. Como reconhecimento pelas ótimas partidas na trajetória do título, Willian deixou o gramado nesta partida aplaudido de pé pelos torcedores dos Blues;

– Willian também foi um dos principais destaques no título da Copa da Liga Inglesa 2014/2015, conquistado com vitória por 2 a 0 sobre o Tottenham, em Wembley. Nas semifinais do torneio, diante do Liverpool, o camisa 22 foi decisivo ao dar a assistência para o sérvio Ivanovic anotar o gol da vitória, por 1 a 0, carimbando a vaga para a final;

– Depois de Neymar, Willian foi o brasileiro negociado pelo maior valor na Europa, na janela de transferências de julho de 2013: 37,5 milhões de euros (segundo dados extraoficiais) – saída do Anzhi para o Chelsea. Na janela de janeiro de 2013, Willian representou a maior negociação do mundo: 35 milhões de euros (dado oficial) – saída do Shakhtar para o Anzhi;

– Embora a passagem pelo Anzhi tenha sido rápida (seis meses), Willian cravou seu nome na história do clube. Além de chegar à final da Copa da Rússia (perdeu a decisão para o CSKA, nos pênaltis), o time de Makhachkala terminou na terceira posição do Campeonato Russo 2012/2013, melhor campanha da história do clube – houve muita festa para celebrar tal feito. Com a camisa 10 do Anzhi, disputou 17 jogos, fez um gol e deu quatro assistências;

– Pelo Shakhtar, Willian faturou 13 títulos (incluindo a inédita Copa da Uefa, em 2008/2009) e logo se tornou ídolo. Chegou ao clube em agosto de 2007 (com apenas 19 anos) e ficou até janeiro de 2013. Em cinco anos e meio, disputou 221 jogos e fez 37 gols. Willian passou a usar a camisa 10 do Shakhtar a partir de julho de 2010, aos 21 anos de idade;

– Com apenas 18 anos de idade, em 2007, Willian se tornou titular do Corinthians e logo ganhou a camisa 10 da equipe. A transferência do atleta para o Shakhtar Donetsk, em agosto de 2007, representou a maior negociação, até então, já realizada na história do clube paulista (US$ 20 milhões) – somente a venda de Paulinho, em 2013, teve valor maior;

Estatísticas de Willian:

TOTAL NA CARREIRA
Jogos: 389
Gols: 52

SELEÇÃO BRASILEIRA
Jogos: 20
Gols: 4

CHELSEA FC (Inglaterra)
Jogos: 90
Gols: 8

FC ANZHI MAKHACHKALA (Daguestão)
Jogos: 17
Gols: 1

FC SHAKHTAR DONETSK (Ucrânia)
Jogos: 221
Gols: 37

SC CORINTHIANS P (Brasil)
Jogos: 41
Gols: 2

Willian na Seleção Brasileira:

Seleção Principal
Total: 20 jogos (83% de aproveitamento: 16 vitórias, 2 empates e 2 derrotas) / 4 gols e 3 assistências
10/11/2011: Brasil 2 x 0 Gabão, amistoso, Libreville – Entrou aos 27min do 2º tempo (Estreia)
14/11/2011: Brasil 2 x 0 Egito, amistoso, Doha – Entrou aos 30min do 2º tempo
16/11/2013: Brasil 5 x 0 Honduras, amistoso, Miami – Entrou no intervalo (1 gol)
19/11/2013: Brasil 2 x 1 Chile, amistoso, Toronto – Entrou aos 19min do 2º tempo
05/03/2014: Brasil 5 x 0 África do Sul, amistoso, Johanesburgo – Entrou no intervalo
03/06/2014: Brasil 4 x 0 Panamá, amistoso, Goiânia – Entrou aos 17min do 2º tempo (1 gol)
06/06/2014: Brasil 1 x 0 Sérvia, amistoso, São Paulo – Entrou no intervalo
17/06/2014: Brasil 0 x 0 México, C. do Mundo, Fortaleza – Entrou aos 39min do 2º tempo
23/06/2014: Brasil 4 x 1 Camarões, C. do Mundo, Brasília – Entrou aos 26min do 2º tempo
28/06/2014: Brasil 1 (3) x (2) 1 Chile, C.do Mundo, BH – Entrou no intervalo da prorrogação
08/07/2014: Brasil 1 x 7 Alemanha, C. do Mundo, Belo Horizonte – Entrou aos 25min do 2º tempo
12/07/2014: Brasil 0 x 3 Holanda, Copa do Mundo, Brasília – Jogou o tempo todo
05/09/2014: Brasil 1 x 0 Colômbia, amistoso, Miami – Saiu aos 27min do 2º tempo
09/09/2014: Brasil 1 x 0 Equador, amistoso, Nova Jersey – Saiu no intervalo (1 gol)
11/10/2014: Brasil 2 x 0 Argentina, amistoso, Pequim – Jogou o tempo todo
14/10/2014: Brasil 4 x 0 Japão, amistoso, Cingapura – Saiu no intervalo
12/11/2014: Brasil 4 x 0 Turquia, amistoso, Istanbul – Saiu aos 32min do 2º tempo (1 gol e 1 assist)
18/11/2014: Brasil 2 x 1 Áustria, amistoso, Viena – Saiu aos 18min do 2º tempo
26/03/2015: Brasil 3 x 1 França, amistoso, Paris – Saiu aos 38min do 2º tempo (2 assistências)
29/03/2015: Brasil 1 x 0 Chile, amistoso, Londres – Entrou aos 17min do 2º tempo

WILLIAN, COLECIONANDO TÍTULOS DESDE CEDO

O sonho de se tornar jogador de futebol começou cedo para Willian. Incentivado pelo pai, Severino da Silva, ele passou a jogar com apenas 4 anos de idade em uma escolinha de futsal de Ribeirão Pires, sua cidade natal. Essa primeira experiência durou até os 8 anos, quando Willian foi para a escolinha de Marcelinho Carioca, um dos ídolos de infância, em Santo André, onde começou a jogar futebol de campo. Dois anos depois, o Corinthians se encantou com Willian e o levou. Uma carreira promissora se desenhava.

Willian iniciou uma trajetória de destaque e títulos nas categorias de base do Corinthians. No ano de 2003, aos 15 anos de idade, ele ganhou todos os torneios possíveis pela equipe, incluindo o Mundial de Clubes Sub-15, nos Estados Unidos. Em 2005, com apenas 16 anos de idade, o garoto conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Foi também nesta temporada que ele deu seus primeiros passos na equipe profissional do Corinthians, aumentando ainda mais suas participações em 2006. Mas foi em 2007 que Willian começou a se tornar uma realidade. Após faturar o Sul-Americano Sub-20 pela Seleção Brasileira, o jogador ganhou a posição de titular do Corinthians e passou a usar a camisa 10 da equipe, aos 18 anos de idade.

As boas atuações do menino atraíram a atenção do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, que anunciou a compra do atleta em agosto de 2007. Aos 19 anos, o jovem talento ultrapassou as barreiras do idioma, do frio e da cultura diferente na Ucrânia. Com a camisa do Shakhtar, Willian faturou 13 títulos (incluindo uma inédita Copa da Uefa, em 2008/2009) e logo se tornou ídolo. A partir de julho de 2010, aos 21 anos de idade, Willian já era o dono da camisa 10. Em cinco anos e meio no clube, ele disputou 221 jogos e fez 37 gols.

No dia 1º de fevereiro de 2013, Willian foi negociado para o Anzhi Makhachkala, por 35 milhões de euros, representando a maior negociação daquela janela de transferências na Europa. Apesar da rápida passagem pelo clube, Willian não fez feio: levou o Anzhi à final da Copa da Rússia e ajudou a equipe a terminar na terceira posição do Campeonato Russo 2012/2013, melhor campanha da história do clube.

No dia 25 de agosto de 2013, o Chelsea anunciou a contratação de Willian, após muitos anos de interesse e namoro entre as partes. Logo em sua primeira temporada (2013/2014) no clube inglês, o jogador brasileiro caiu nas graças da torcida e firmou-se como titular da equipe. O rendimento do camisa 22 cresceu ainda mais na atual temporada (2014/2015), sendo fundamental nas conquistas do Campeonato Inglês 2014/2015 e da Copa da Liga Inglesa 2014/2015.

Seleção Brasileira
A primeira convocação de Willian para a Seleção Brasileira aconteceu em 2005, para defender a equipe sub-17. A partir de então, ele passou a ser presença constante nos times de base do Brasil. Em 2007, com apenas 18 anos, vestiu a camisa 10 e faturou o Sul-Americano Sub-20, no Paraguai. Esta conquista deu ao Brasil a vaga para a Olimpíada de 2008, em Pequim. No time principal da Seleção, a primeira convocação veio em novembro de 2011, aos 23 anos, para os amistosos contra Gabão e Egito. A estreia de Willian pelo time canarinho ocorreu em 10 de novembro de 2011, no amistoso contra o Gabão, em Libreville (vitória do Brasil por 2 a 0). Com boas atuações no fim de 2013 e início de 2014, Willian foi convocado para a Copa do Mundo de 2014 e disputou cinco jogos da competição (contra México, Camarões, Chile, Alemanha e Holanda). Agora, com Dunga, o jogador vem se firmando cada vez mais na Seleção Brasileira.

Comcept Comunicação no Esporte
Rodrigo Righetti – rodrigo@comcept.com.br
Alexandre Coutinho – alexandre@comcept.com.br
Juliano Macedo – juliano@comcept.com.br
55 11 3045-4610 – www.comcept.com.br

Share Button