Elogiado por boa atuação e assistência, Casemiro festeja objetivo alcançado na UCL

O volante Casemiro foi um dos destaques da vitória do Porto por 3 a 0 sobre o BATE Borisov, nesta terça-feira, na Bielorrússia, pela quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Autor da assistência para o primeiro gol da partida, marcado por Herrera, o jogador brasileiro ajudou a equipe portuguesa a garantir a primeira colocação do Grupo H, com 13 pontos ganhos, não podendo mais ser alcançada pelo Shakhtar Donetsk, que perdeu para o Athletic Bilbao por 1 a 0, na Ucrânia, e estacionou nos oito pontos.

“Estou muito feliz pela campanha que o Porto vem fazendo. Desde o sorteio dos grupos da Liga dos Campeões, sabíamos que encontraríamos muitas dificuldades, pois caímos em uma chave forte e equilibrada, com equipes como Shakhtar e Athletic Bilbao, que sempre deram trabalho em competições européias. Alcançamos nosso primeiro objetivo, que era passar para as oitavas de final, e agora garantimos a primeira colocação do grupo. Isso, realmente, nos dá muita confiança para a sequência da competição. Um clube como o Porto tem sempre de pensar grande, por isso vamos continuar trabalhando duro. Temos o Campeonato Português também pela frente e não podemos perder a concentração”, destacou Casemiro.

Emprestado pelo Real Madrid, clube pelo qual conquistou o título da última edição da Liga dos Campeões, Casemiro está desde julho de 2014 no Porto e, em pouco tempo, caiu nas graças dos portugueses. O brasileiro tem recebido muitos elogios da imprensa local pela aplicação na marcação, com um número alto de desarmes por partida, além da qualidade na saída de bola. Em 16 jogos pelo Porto, Casemiro já soma duas assistências e um gol marcado.

“Poder contribuir com a equipe e ajudar o Porto a sair vitorioso nas partidas me deixa muito feliz. Desde que cheguei ao clube, fui muito bem tratado por todos, por isso quero retribuir com muito trabalho e dedicação nos treinos e nos jogos. Não podemos diminuir o ritmo. O clube tem objetivos tanto na Liga dos Campeões quanto no Campeonato Português, então temos muita coisa ainda para aprimorar e trabalhar”, ressaltou Casemiro, que esteve presente nos últimos dois amistosos da Seleção Brasileira, contra Turquia e Áustria.

Com quatro vitórias e um empate, em cinco jogos disputados, o Porto vem tendo um dos melhores inícios de sua história na Liga dos Campeões. Caso vença o Shakhtar Donetsk, na última rodada, no Estádio do Dragão, a equipe portista igualará sua melhor campanha na fase de grupos da competição, quando somou 15 pontos na temporada 1996/1997. Um recorde já foi atingido nesta partida diante do BATE Borisov: os atuais 15 gols marcados pelo Porto na Liga dos Campeões representam a maior marca da história de um clube português na fase de grupos do torneio, superando os 12 gols anotados pelo próprio Porto em 1996/1997.

A equipe do brasileiro Casemiro também faz boa campanha no Campeonato Português, com 22 pontos ganhos em dez rodadas, mas ainda está atrás do líder Benfica, que tem 25. No próximo domingo, o time portista enfrentará o Rio Ave, no Estádio do Dragão, pela 11ª rodada da competição nacional. No mesmo dia, o Benfica visitará o Académica de Coimbra.

Share Button