Carregando Eventos

« Todos Eventos

Casemiro: Bayern de Munique x Real Madrid

Abril 25 @ 15:45

  • A classificação às semifinais da Champions também evidencia um dado muito relevante do volante brasileiro. Com três títulos da competição no currículo (2013/2014, 2015/2016 e 2016/2017), Casemiro jamais perdeu um mata-mata pelo time merengue na Liga dos Campeões. Nos 13 duelos eliminatórios que participou, a equipe venceu os 13;
  • Tricampeão da Liga dos Campeões da Europa (2013/2014, 2015/2016 e 2016/2017), Casemiro já disputou 35 partidas em edições da competição europeia pelo time merengue e soma um ótimo aproveitamento de 76% dos pontos conquistados (25 vitórias, 5 empates e 5 derrotas);
  • Das 13 eliminatórias vencidas por Casemiro com a camisa do Real Madrid na Champions League – ele nunca perdeu um mata-mata –, cinco delas foram contra times alemães. O brasileiro ajudou o time merengue a superar o Schalke 04 nas oitavas, o Borussia Dortmund nas quartas e o Bayern de Munique nas semifinais da Liga dos Campeões 2013/2014, o Wolfsburg nas quartas de final da temporada 2015/2016, e o Bayern de Munique nas quartas em 2016/2017;
  • Até aqui, defendendo o Real Madrid, Casemiro já disputou 11 partidas contra times alemães na Liga dos Campeões da Europa, em três temporadas distintas (2013/2014, 2015/2016 e 2016/2017). E o retrospecto do brasileiro é muito positivo: 75% de aproveitamento dos pontos disputados. Foram oito vitórias – Schalke 04, Borussia Dortmund (três vezes), Bayern de Munique (três vezes), e Wolfsburg –, um empate – Borussia Dortmund –, e duas derrotas – Borussia Dortmund e Wolfsburg;
  • O retrospecto de Casemiro contra o Bayern de Munique na carreira é muito positivo. Até aqui, ele disputou cinco partidas contra o time alemão (três pelo Real Madrid e duas pelo Porto, todas em edições de Champions League) e computa quatro vitórias e apenas uma derrota – aproveitamento de 80% dos pontos disputados. Pelo Real Madrid, nos três jogos disputados, foram três vitórias (uma em 2013/2014, e duas em 2016/2017), enquanto pelo Porto, em dois jogos, ele computou uma vitória e uma derrota, nas quartas de final da temporada 2014/2015;
  • Casemiro é o jogador com maior média de desarmes da Liga dos Campeões da Europa 2017/2018, com 4,7 por jogo, de acordo com o WhoScored;
  • Na temporada 2017/2018, Casemiro soma 40 jogos oficiais pelo Real Madrid (25 pelo Campeonato Espanhol, 2 pela Supercopa da Espanha, 1 pela Supercopa da Europa, 9 pela Liga dos Campeões, 1 pela Copa do Rei e 2 pelo Mundial de Clubes), 7 gols marcados (5 no Campeonato Espanhol, 1 na Liga dos Campeões e 1 na Supercopa da Europa) e 3 assistências (todas no Espanhol);
  • Casemiro tem 143 jogos pelo Real Madrid (86 pelo Campeonato Espanhol, 35 pela Liga dos Campeões da Europa, 14 pela Copa do Rei, 2 pela Supercopa da Europa, 4 pelo Mundial de Clubes da Fifa e 2 pela Supercopa da Espanha), 14 gols, 10 assistências e 10 títulos (Supercopa da Espanha 2017, Campeonato Espanhol 2016/2017, Mundial de Clubes da Fifa 2016 e 2017, Supercopa da Europa 2016 e 2017, Liga dos Campeões da Europa em 2013/2014, 2015/2016 e 2016/2017, e Copa do Rei 2013/2014);
  • Com o gol marcado contra o Málaga, no dia 15 de abril de 2018, em jogo do Campeonato Espanhol, vencido pelo Real Madrid, por 2 a 1, Casemiro alcançou seu recorde pessoal de temporada com mais gols na carreira, ao chegar a 7 tentos em 2017/2018 – ele superou as temporadas 2016/2017, pelo Real, e 2011, pelo São Paulo, quando havia feito 6 gols em ambas;
  • De acordo com o site de estatísticas WhoScored, Casemiro é o 5º melhor jogador do atual Campeonato Espanhol, em média de notas jogo a jogo. Com média de nota 7,52, o brasileiro só fica atrás de Messi (8,77), Cristiano Ronaldo (8), Luis Suárez (7,74) e Toni Kroos (7,53);
  • Em mais uma exibição grandiosa de Casemiro, que marcou o gol da vitória, o Real Madrid venceu o Paris Saint-Germain, por 2 a 1, na França, no dia 6 de março de 2018, e se classificou para as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Motor do time, Casemiro teve uma jornada ao seu modo: segurança defensiva, qualidade na saída de bola, e eficiência na chegada ao ataque. De acordo com o site de estatísticas WhoScored, o camisa 14 teve atuação nota 8,7, por conta dos incríveis atributos de 98% de acerto dos passes (56 de 57), 1 finalização (1 gol), 5 lançamentos corretos, 1 drible concluído, 11 recuperações de bola, e 5 desarmes;
  • Bicampeão mundial! Seguro como sempre, Casemiro teve boa atuação na vitória do Real Madrid sobre o Grêmio, por 1 a 0, na final do Mundial de Clubes da Fifa, nos Emirados Árabes Unidos, no dia 16 de dezembro de 2017. Este foi o 2° título mundial da carreira do volante brasileiro, que já havia vencido esta competição em 2016. Nas duas conquistas mundiais, Casemiro foi titular em todas as partidas, sempre jogando os 90 minutos, contra América-MEX e Kashima Antlers-JAP, em 2016, e Al Jazira-EAU e Grêmio-BRA, neste ano. Na decisão disputada em Abu Dhabi, o camisa 14 demonstrou sua regularidade já conhecida, dando segurança defensiva e fluidez na transição do time para o ataque. De acordo com números fornecidos pelo Opta/Goal.com, Casemiro ganhou 100% das disputas aéreas e 71% por baixo, fez 6 interceptações, 5 desarmes, 2 cortes, acertou 91% dos passes, deu 1 chute a gol e 1 assistência que resultou em finalização;
  • No último dia 17 de outubro, no empate do Real Madrid com o Tottenham, por 1 a 1, pela 3ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa 2017/2018, o volante Casemiro, de 25 anos, completou 300 jogos na carreira profissional;
  • Pelo time principal do Brasil, o volante soma 22 jogos (11 com Tite, seis com Dunga e cinco com Mano Menezes). Ele faturou o título do Superclássico das Américas, em 2011, em cima da Argentina;
  • Casemiro também se destacou no Porto. No clube português foram 41 jogos, 4 gols e 4 assistências. Além disso, o volante fora apontado como um dos destaques da Liga dos Campeões da Europa 2014/2015, já que ele ajudou o Porto a chegar às quartas de final, sendo elogiado pelo alto poder de marcação. De acordo com estatísticas da competição, ele foi o segundo maior ladrão de bolas do torneio, atrás apenas do sérvio Matic, do Chelsea;
  • No São Paulo, seu clube formador, Casemiro disputou 111 partidas, fez 11 gols, deu 15 assistências e conquistou um título, o da Copa Sul-Americana, em 2012. Além disso, ele foi eleito o melhor volante do Campeonato Brasileiro de 2011, pelo Troféu Armando Nogueira;
  • A estreia de Casemiro no futebol profissional aconteceu no dia 25 de julho de 2010, aos 18 anos, no clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro – à época o São Paulo era comandado pelo técnico Ricardo Gomes. Na ocasião, o São Paulo perdeu por 1 a 0 e o volante atuou os 90 minutos;
  • Casemiro tem um ótimo aproveitamento atuando no Santiago Bernabéu. Até aqui, com o volante brasileiro em campo, o Real Madrid disputou 69 jogos e obtém um incrível aproveitamento de 84% (56 vitórias, 6 empates e 7 derrotas). Nestes duelos, Casemiro foi titular em 47 confrontos e entrou no decorrer de outras 22 partidas – ele fez 5 gols e deu 7 assistências jogando na casa merengue. Dividido por competição, em casa foram 40 jogos pelo Campeonato Espanhol, 17 pela Liga dos Campeões da Europa, 7 pela Copa do Rei, 4 pelo Troféu Santiago Bernabéu e 1 pela Supercopa da Espanha;
  • Casemiro foi indicado para a lista dos 55 melhores jogadores da temporada 2016/2017 da FIFA e da FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol);
  • Casemiro foi um dos principais destaques da histórica campanha da Seleção Brasileira nas Eliminatórias, tendo atuações perfeitas que mesclaram a habitual força na marcação com a qualidade com a bola nos pés. Aliás, ele foi o jogador com maior média de desarmes de toda a competição, de acordo com o Footstats. Em 7 jogos, Casemiro efetuou 26 desarmes, algo que rendeu uma ótima média de 3,7 desarmes por partida. Também por isso, o volante do Real se transformou em um dos homens de confiança do técnico Tite durante a competição, tal como já era com Zidane, em seu clube. Na campanha, o camisa 5 disputou 7 partidas e, com ele em campo, o time conquistou 90% dos pontos disputados (6 vitórias e 1 empate);
  • O volante brasileiro teve uma brilhante atuação no empate entre Real Madrid e Tottenham, por 1 a 1, pela fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, em jogo que marcou seu 300° jogo na carreira profissional. Perfeito na marcação e muito efetivo na saída de bola, inclusive, dando assistências que quase resultaram em gols do time merengue, Casemiro foi eleito como o melhor jogador madridista da partida pelo site de estatísticas WhoScored, com nota 8,2 – só o goleiro Lloris, do Tottenham, teve nota maior, com 8,3. De acordo com o site, o camisa 14 acertou 88% dos passes, fez 6 lançamentos corretos, ganhou 1 disputa aérea, deu 2 dribles e completou 3 desarmes;
  • Casemiro foi eleito para a seleção da edição 2016/2017 da Liga dos Campeões. A lista, que conta com 18 jogadores (11 titulares e 7 reservas), foi elaborada por técnicos indicados pela UEFA. Na análise dos observadores técnicos que formularam a seleção, o brasileiro foi avaliado desta forma: “Casemiro possibilitou ao meio-campo do Real ter estrutura defensiva e equilíbrio, para não falar nos gols importantes que fez”. Além de Casemiro, o time ideal contou com outros grandes jogadores, como Buffon, Bonucci, Carvajal, Marcelo, Sergio Ramos, Godín, Toni Kroos, Modric, Pjanic, Cristiano Ronaldo, Messi, Griezmann, Mbappé, Lewandowski, etc.;
  • Na última edição da Liga dos Campeões, Casemiro marcou dois importantes gols. O primeiro deles, nas oitavas de final, contra o Napoli, foi escolhido como o 2° mais belo da Champions League 2016/2017. O segundo, foi decisivo para a vitória do Real Madrid sobre a Juventus na finalíssima da competição. Na ocasião a partida estava empatada em 1 a 1 e o tento do brasileiro colocou os merengues na frente do placar;
  • Com 21 anos de idade, Casemiro estreou pelo Real Madrid no dia 20 de abril de 2013, na vitória por 3 a 1 sobre o Betis, no Santiago Bernabéu, pelo Campeonato Espanhol, e ficou os 90 minutos em campo. O técnico madridista era José Mourinho.

ESTATÍSTICAS DO CASEMIRO

Carreira

Jogos: 332

Gols: 30

Assistências: 29

Real Madrid CF (Espanha)

Jogos: 143

Gols: 14

Assistências: 10

Seleção Brasileira

Jogos: 22

FC Porto (Portugal)

Jogos: 41

Gols: 4

Assistências: 4

Real Madrid Castilla CF (Espanha)

Jogos: 15

Gols: 1

São Paulo FC (Brasil)

Jogos: 111

Gols: 11

Assistências: 15

Share Button

Detalhes

Data:
Abril 25
Hora:
15:45
Evento Tags:
, ,

Local

Allianz Arena, Munique
Germany
Back to Top